13.11.2016

13-11-16

Bolinha de papel… Rascunhos jogados no lixo. Minha letra cursiva já não está tão bela como antes. Em alguns momentos sinto minhas mãos ficarem tremulas, há dias que chega a ser insuportável segurar até uma simples caneta. Desistir? Não. Necessito apenas de calma, preciso aplicar a mesma disciplina que possuo para ler meus livros e continuar a escrever.

O gato cinza caminha vagarosamente pela única parede que divide os dois terrenos. Ele não tem pressa. Não briga contra o tempo. Vive apenas como deve viver sendo gato. Contudo, acredito não haver tanta diferença assim entre nossas vidas – Somos cartas de um baralho marcado e destinado ao fim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s