Notas Avulsas – {parte 6}

Sete linhas. Curto. Nem tanto. Penso. Repenso. Este é o meu maior erro. Pensar. Bate. Late o cão sem dentes. Lá fora minha solidão é como a sombra. Nada. Não existe nada neste oceano cinza que me faça viver. Ah! Pensamento podre. Vago no teu sorriso. Sinto-te como meu amuleto. Sorte garrida. Meus pecados são … Continue lendo Notas Avulsas – {parte 6}