Notas Avulsas – {parte 1}

O silêncio da caneta. Um colapso para o papel. Juro por Deus que eu não consigo escrever. Cortaram-me os pulsos, somente os pulsos. Pontos que fizeram-me perder as contas. Não houve lágrimas, talvez só pela ausência do tempo. Desisto. Já que ela sempre falou que escrevo muito. Ela? Quem é ela? Paro. Penso. Repenso. Nada … Continue lendo Notas Avulsas – {parte 1}