Colapsos de Amor

colapsos

Observo a fumaça ao sair da tua boca. Fico a frente e compadeço sob teu olhar a minha liberdade. Seremos enigmáticos ao descrever o erotismo de nossos corpos. Vago por conflitos. Traço os teus pensamentos insanos. Vulneráveis são os nossos corações nesta atmosfera de necessidades. Sonho. Sonhei durante algumas noites. Mas, a insônia veio tirar a minha paz. Desequilíbrios daquilo que facilmente poderia distinguir hoje são reflexos desta vertigem mundana entre colapsos de amor.

Vamos lá, deixe um comentário ; )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s