Estigma do Amanhecer

odesejoO teu corpo me excita como a névoa radiante da manhã. Observo contra luz, desejo tocá-lo constantemente. Porém, guardo-me no silêncio para preservar a tua liberdade, a minha ausência é talvez, o perigo. A arte de amar, os grandes receios que ainda vivemos ou permitimos. Sou volúvel por viver uma realidade desregrada. Já sabemos… O amor não é o bastante para aquele que têm fome. Insaciável é o nosso corpo, nossos vícios, nossas palavras ao pensar que o fim sempre esteve tão perto.

Vamos lá, deixe um comentário ; )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s