Feridos pelo amor

O amor que não pede licença para invadir a nossa alma é o seio da nossa existência. A poesia bruta de nossos olhos é o que nos torna vulneráveis a danos. Humanos, tolos, já enterramos os nossos crânios.   Já fomos crucificados por amor e traídos por um beijo. Convivemos cometendo os mesmos erros sem … Continue lendo Feridos pelo amor

Antiquado

Sinto-me antiquado. Guardo-me entre retalhos de um passado. Entre folhas rabiscadas, versos que foram escritos, vaga pela minha mente o silêncio. Um silêncio de sorriso singelo e olhar contraditório. Sinto-me antiquado. Guardo-me entre poucas palavras. Entre noites de insônia e pesadelos que não consigo mencionar. Um pesadelo de sentimentos perplexos. Sinto-me antiquado por viver contra … Continue lendo Antiquado