Fim de Tarde

Fim de TardeNem todos os dias são iguais. E já havia escutado isso numa conversa amigável e que na verdade acabou se tornando um bom conselho, sendo assim guardo comigo essa frase até os dias de hoje. Realmente, “nem todos os dias são iguais”  –  existem os dias turbulentos, escuros, pesados e ofegantes. Como também existem dias de repleta calmaria, claros, leves e sorridentes, e dizer que vivemos cercados de “sorrisos e lágrimas”  não é mais nenhum segredo. Talvez, o segredo esteja no modo em que estamos olhando o mundo ou as coisas em nosso redor, talvez esse grande ou pequeno segredo seja a única maneira de passarmos a olhar e acreditar que nem tudo está perdido e que existe esperança.

Contudo, nem todos os dias temos lindos horizontes para observar, mas certamente teremos uma linda noite estrelada para se encantar. Talvez, seja um exagero da minha parte falar de otimismo, eu acredito que não. Já que vivemos tempos de brutalidade, ausência de amor ao próximo e tolerância, pessoas que desperdiçam o tempo com coisas fúteis ou alimentando seus corações com amarguras e ressentimentos nesta cidade de concreto e aço, pessoas desequilibradas que procuram manter um equilíbrio em algo, desejando agarrarem-se em um porto seguro que não as deixem desfalecerem.

Enfim, realmente nem todos os dias são iguais e cabe a cada um de nós parar e somente observar, e agradecer as grandes dádivas que apenas um único dia tem à nos oferecer durante um fim de tarde.

Vamos lá, deixe um comentário ; )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s