Translúcido

Enterrei o ontem, o meu sentimento, o passado. Enxuguei lágrimas e gotas de sangue. Porém, nem tudo são flores.   Guardei-me entre pensamentos, solidão. Entre quartos e madrugadas frias. Motéis, hotéis o ambiente erótico é a minha epidemia.   O suor do meu corpo, o desejo, sem ser por outro corpo. Nojento é olhar tudo … Continue lendo Translúcido