Um cigarro de maconha resolve tudo – Sim ou Não?

ucdmrt

Já dizia o velho Xamã: “Manda um sinal de fumaça” – e com o passar dos anos temos psicanalistas, sociólogos, mestrados, doutores, professores, universitários, religiosos e uma sociedade inteira de divergentes classes sociais mandando fumaça para o alto. Agora, pretensioso ou não é dizer que ela resolve tudo, e pense bem ao incluir este “tudo”, já que muitos a exploraram (coitada planta), e hoje a culpam-na por todos os problemas sociais que atualmente vemos.

Calma, calma. Não estou fazendo apologia. Não estou culpando o velho Xamã. Não estou ofendendo-lhe.

Mas vocês estão muito preocupados com a planta, ou talvez, a liberação da mesma para a comercialização. Será que ao liberar a planta que já foi liberada pela própria natureza irá diminuir o tráfico, irá deixar o governo mais rico com a produção industrializada, irá existir o monopólio da erva? Mas, o que é isto meu povo? Será que estou louco por tabela? O desmatamento de nossas terras será segregado? – Não sei.

Apenas sei. Que perdemos todos os dias os preciosos valores, ensinamentos que nos foram deixados pelos nossos ancestrais, com isto vivemos em uma sociedade hipócrita, num mundo que procuram defender teorias e fórmula para se viver em harmonia. Temos um povo culturalmente alienado e isto não foi culpa da planta ou do chá de ervas – e caso seja necessário procurarmos algum culpado. Encontraremos aquele que mata mais com a caneta, do que qualquer doença contagiosa que venha nos afetar.

Temos um povo cego repleto de ignorâncias, iludidos com o bem estar, com os sete pecados capitais e com tudo aquilo que o mundo venha a nos oferecer. Já é certo que andaremos por este caminho por longos anos até estarmos de frente com a velhice, com a realidade implacável de nossas vidas – que profundo, cortou a minha brisa meu chapa.

Que nada! Temos a multidão das marchas e olha que são muitas, mas ainda não vejo nenhuma pelas ruas realizando marchas por uma saúde, educação, segurança e moradia pública digna. Não vejo multidões fazendo esforços para termos água no sertão, para o fim da miséria que não está no extremo do mundo, mas sim aquelas que fingirmos não ver pelas ruas de São Paulo, debaixo dos viadutos. Cadê as marchas das contradições? Não sei.

Existe? Sei lá, estou tão perdido quanto vocês, já que inventaram tantas coisas, assim como tantos feriados e datas comemorativas para o povo perder o foco da situação atual que vivemos.

E olha que já estou sentindo certo temor pela planta que é culpada, que é santa e no fim é a mesma que cura, a ciência contrariando a ditadura. Será? Vejo apenas a vida dura, atrás de um isqueiro, a chama e a névoa branca, na madrugada ou no decorrer do dia – e se a sativa não resolve tudo, com certeza ela deve amenizar alguma coisa já que presenciamos tantas loucuras e brutalidades entre aqueles que se julgam normais que vivem procurando culpar tudo e todos pelas próprias deficiências de encarar a vida.

Um comentário sobre “Um cigarro de maconha resolve tudo – Sim ou Não?

  1. Seu texto diz tudo, mas ainda vivemos em um país de cultura atrasada para tratar dessa questão. Temos um governo que
    apenas pensaem lucrar, ao invés de discutir essa questão
    de forma mais abrangente. Ainda temos muito a evoluir.

    Graone de Matoz, poeta e dramaturgo
    brasileiro

Vamos lá, deixe um comentário ; )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s