Desilusões

desilusao

Recordei-me dos seus traços
Do meu olhar junto ao seu
Mas não existem os velhos porta-retratos.

O tempo fere e nos torna refém
Perdemos e ganhamos
Passado, presente e futuro.

Vivemos junto ao desapego
Mas rezamos para não morremos sozinhos
Enfim, já perdemos tempo o bastante sonhando.

Com o amor eterno
Com o reencontro de nossos corações
Antes presenciarmos as nossas desilusões.

Vamos lá, deixe um comentário ; )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s