Devoção

maquina

Destrua minha mente

Quebre-me as mãos antes que ela escreva sobre decepção.

Destrua minha boca

Arranque-me a língua antes que ela fale sobre egoísmo.

Já que minha alma não será atormentada

A fé não será violada, corrompida aos pré-julgamentos.

De um escritor jogado aos devaneios, aos delírios da solidão.

A onde nem a fome e palavras serão saciáveis pelo tempo.

Após destruir a minha devoção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s