Páginas Vazias

*continuação. Longe da cama que prendera o meu corpo, da cadeira de rodas que brincava em me dar longas voltas na vida e me jogar ao redemoinho de lembranças. Veio até mim a liberdade. Aos meus queridos e amados, creio que alguns de vocês não conseguem esquecer a palavra saudade. Então, sequem as suas lágrimas … Continue lendo Páginas Vazias

Renascer

Secaram-se as lágrimas Morrerá incondicionalmente as lembranças O tempo que se passou não importará Restará apenas o sentimento de tentar perdoar. Somos os órfãos rebeldes por tentar amar. Em nosso olhar viram apenas a inocência despertar Gritar pela a ausência que tivemos que nos acostumar Se adaptar ao que não se pode mudar. Corremos contra … Continue lendo Renascer