Madrugada

Ouço pingo de água caindo da torneira do banheiro. Fazendo eco. Quebrando o silêncio. Tirando o meu sossego. Cães resolvem latir. Penso que tem alguém querendo invadir, roubar, sei lá. Mas resolvo me levantar. Em meio à madrugada, ao quarto escuro. Ao ar gelado, noite fria. Vou até o banheiro e aperto a torneira. Olho … Continue lendo Madrugada