Incondicional

Incondicional…

Aceitar a morte. Viver por sorte. Se tornar suicida e no fim, arriscar a vida.

Aceitar o amor. Viver por ele. Se tornar romântico e no fim, sentir desgosto.

Outra. Coisa. Talvez seja a minha boca.

Beijando sua boca. Seu corpo. Sexo que faz parte de mim o tempo todo.

Como palavras. Como por comer. Insaciável são meus pensamentos eróticos ou se preferir sórdidos. Não importa e sim apenas o que me acalma.

Vício.

Prefiro. Ficar em silêncio e pensar naquilo que vou escrever. Despertar o que resta dentro de mim. Sem fim. Por favor, leia tudo com calma.

Interprete-me e depois me julgue como louco. Insano.

Mas você faz parte de tudo isso que escrevo e descrevo.

Vejo. Sem medo a pornografia como algo lindo.

Já que a putaria está no desvio de dinheiro público, das contas bancárias no estrangeiro.

E no fim, nós tornamos herdeiros miseráveis. Calados. Mesmo eu sabendo que agora sou apenas mensageiro.

 

Vamos lá, deixe um comentário ; )

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s